Video-laparoscopia cirúrgica - Mioma uterino

Atualmente, a população, mais preocupada com a saúde, tem buscado e exigido cada vez mais técnicas alternativas e avançadas para solucionar seus problemas de saúde, com mínimo de agressão. As mulheres, em especial, encontram-se mais atentas com relação às novas técnicas disponíveis que buscam alternativas de tratamento e que preservam a saúde do corpo como um todo. Com o avanço tecnológico e o conhecimento crescente na área médica, é possível detectar problemas ginecológicos com muito mais precisão e solucioná-los com mais segurança e eficácia, graças à medicina moderna.

O Professor Dr. Waldir Modotti, do Instituto de Atendimento à Mulher, de Assis, vem utilizando há mais de dez anos, o recurso da video-laparoscopia para resolver diferentes problemas ginecológicos como por exemplo cistos de ovário e miomas uterinos.

Ele afirma que a vídeo-laparoscopia reproduz quase todas as técnicas da cirurgia convencional, com o acréscimo de várias vantagens para as mulheres. Utilizando uma microcâmara e também pequenos instrumentais cirúrgicos, muitos dos procedimentos ginecológicos podem ser efetuados por este método, como a histerectomia (retirada do útero). O Instituto de Atendimento à Mulher desde 1992, realiza este tipo de procedimento. O IAM é considerado polo de referência para cidades da nossa região e recebe encaminhamentos de outras cidades mais distantes como Botucatu, Londrina(PR) dentre outras.

A grande procura por este tipo de procedimento se deve às vantagens que a vídeo-laparoscopia oferece. A primeira se refere à estética. Na cirurgia convencional, é necessário fazer um grande corte no abdome da paciente. Já com a vídeo-laparoscopia, são realizados minúsculos cortes para a introdução da micro-câmara e dos instrumentais. Desta forma, conforme esclareceu o Professor-doutor, as vantangens da video-laparoscopia são maiores quando comparadas à cirurgia convencional. Devido à menor agressão sofrida pela paciente e às menores cicatrizes em decorrência do procedimento, a recuperação da paciente é menos dolorosa, mais rápida e o risco de infecção diminui significativamente. Independentemente do tipo de procedimento, a paciente de forma geral, retorna às suas atividades habituais em torno de uma semana. Segundo o professor doutor Waldir Modotti, que iniciou seu treinamento fora do país numa época em este tipo de procedimento estava iniciando no Brasil e que defendeu sua dissertação de mestrado e tese de doutorado sobre este assunto na UNESP de Botucatu, para a realização destes procedimentos de forma segura é necessário muito treinamento, experiência na área e investimentos altos em equipamentos de alta tecnologia.

Abaixo é possível visualizar um útero normal e uma cirurgia de retirada de mioma uterino pela técnica da viodeo-laparoscopia. Segundo Modotti, a preservação dos órgãos e da anatomia são muito valorizados nos dias de hoje ao contrário do passado onde seria sugerido uma histerectomia ( retirada do útero) para os casos de mioma uterino.

 

Mioma Uterino

Antes da Cirurgia

Depois da Cirurgia

Útero com mioma

Retirada do mioma

Útero Normal

 

   Próstata-Perigos além do câncer
   Endometriose:Diagnóstico Precoce evita a infertilidade
   Sexualidade feminina
   Vídeo-laparoscopia: Segurança e recuperação rápida nas cirurgias ginecológicas
   Check-up Laboratorial como fazer? A importância do Diagnóstico (check up) Laboratorial.
   Câncer de Próstata
   Exame de sangue oculto nas fezes
   Gripe Aviária Verdades e Mentiras
   Cirurgia Plática: Qual é a sua dúvida???
   O que é H. P. V.?
   Os orgãos do Sentido e Sexualidade no Climatério
   Obesidade a Doença do Século XXI
   Incontinência urinária
    Miomas Uterinos
   Mioma uterino - Opções de tratamento
   Sangramento Uterino Anormal
   Mas é carnaval, por favor, não se esqueça de mim...
   Informativo de saúde em trabalho conjunto IAM-PSF (Programa de Saúde da Família)
   Moda e costumes da higiene feminina
   Climatério
   Candidíase vaginal
   Câncer de Mama
   Vídeo-Histeroscopia
   Laqueadura tubária com anestesia local.
   Histeroscopia auxilia no controle da alteração da menstruação e evita curetagem
 
 
| IAM - Instituto de Atendimento Médico Hospitalar | 18.3302.1313 - Desenvolvido por Guia Assis Network |